/* Here you can include your additional Javascript code */

Pilates na gravidez: cuidados que a gestante deve tomar

Nenhuma gestante deve iniciar qualquer atividade física sem passar por uma avaliação de seu médico de confiança. Essa é uma condição fundamental para garantir a saúde da mãe e do bebê. Durante o pré-natal, também é importante que a mulher converse com o obstetra sobre a prática do Pilates.

  • A duração de uma aula para gestante é a mesma de uma aula convencional – uma hora – e são recomendadas pelo menos duas aulas por semana para que a gestante possa sentir os benefícios da prática em seu dia-a-dia.
  • Gestantes com placenta prévia ou baixa ou que tenham alguma doença que coloque a gravidez em risco não devem praticar a atividade.

Com a gravidez avançada, não é indicado deitar de bruços, pois a posição comprime o útero contra as costas e diminui a quantidade de sangue que chega ao bebê. A mãe também não deve prender a respiração por muito tempo durante o exercício porque o bebê também fica sem oxigênio.

  • As gestantes não devem praticar nenhuma atividade que eleve a frequência cardíaca a mais de 120 batimentos por minuto, pois isso diminui a circulação sanguínea.
  • Não dispense o instrutor, orienta o obstetra do Hospital Sírio-Libanês. Por causa da barriga, o equilíbrio da mãe fica alterado e o risco de quedas pode ser maior.
  • Também é altamente recomendável que a aluna procure ter aulas com instrutores experientes e conhecimento técnico apurado sobre Pilates para gestantes.

Os movimentos exigidos pela prática do Método Pilates ajudam as gestantes nos seguintes aspectos:

  • Evitar as famosas dores nas costas, melhorando a postura
  • Aliviar dores e inchaços nas pernas e a fortalecê-las para que aguentem mais peso e liberem a sobrecarga na coluna
  • Trabalhar os braços, importantes para cuidar do bebê, que vai ficar cada vez mais pesadinho
  • Evitar a incontinência urinária por meio do trabalho do períneo
  • Auxiliar a contração abdominal (o que facilita o trabalho de parto mais tarde)
  • Estabilizar as articulações contra possíveis lesões
  • Trabalhar a respiração, que auxilia no relaxamento do corpo entre uma contração e outra

 

Seu bebê também agradece


O bebê também é beneficiado quando a mãe pratica Pilates:

  • Recebe endorfina, o hormônio do relaxamento, através da placenta, o que contribui para o bem-estar dele;
  • Tem um crescimento adequado dentro do útero, já que a gestante controla melhor seu peso;
  • Sente a tranquilidade da mamãe, que deve estar mais disposta e com a autoestima lá em cima!

Fonte: www.bebe.com.br Texto: Thays Prado


SOBRE A HOFFMANN PILATES

O Hoffmann Pilates foi fundado em 2008 por Carlos Hoffmann, fisioterapeuta, pós-graduado em Fisiologia do Exercício pela Unopar, instrutor formado pelo Método Pilates Original pela ABP | Associação Brasileira de Pilates e especializado em Pilates Hybrido pela Physio Pilates.

STUDIO HOFFMANN PILATES
Rua Montevidéu, 358, Guanabara
Londrina, PR | CEP: 86072-450


(43) 9 9995-5954 | (43) 3328-2049
contato@hoffmannpilates.com.br

STUDIO GLEBA PALHANO